O poder da chupada

Ok, eu ADORO chupar. ADORO.

Fico salivando só de pensar em um pau duro na minha boca.

Claro que não chego caindo de boca logo de cara, porque isso não tem a menor graça.

Para começar, nada melhor do que um bom beijo na boca. Molhado, gostoso, brincalhão com a língua. Lambendo os lábios, a língua dele, chupando de levinho a língua, mordiscando o lábio… Só para provocar a imaginação… Uma brincadeirinha boba, para fazê-lo imaginar o que o espera se continuar a me tratar como eu mereço.

Se o beijo for bom, começa a ficar interessante explorar outras partes… Rosto, pescoço… Lambidinhas e mordiscadelas… E umas fungadas no pescoço, naquele pique de “aaah, eu te comia aqui, agora, mas quero primeiro saber se você merece… e, claro, prolongar um pouco mais este tesão todo, porque isso é bom”…

Mas o que eu mais gosto nessa hora em que ainda sequer senti o pinto duro sob a roupa, é lamber as mãos dele. Lamber os dedos… Como se estivesse limpando chocolate derretido, sabe? Quanto mais penso em chocolate derretido nessa hora, mais gostoso é chupar um simples dedo e mais tarado ele fica com minhas lambidas,

Lambo toda a extensão do dedo, da base na palma da mão até a ponta, vou para o outro lado e faço o mesmo, primeiro com a ponta da língua, depois com a língua cheia… E, depois, contorno o dedo com a língua ainda cheia… Como se quisesse sentir o diâmetro do dedo.

É nessa altura da brincadeira que começo a chupar o dedo dele como se fosse o pinto. Uuuhu, hu, hu, hu… Isso o deixa louco! E, creia-me, experimente fazer isso em algum lugar público para ver o resultado! Isso deixa claro o que você gostaria de fazer de verdade, se não estivessem naquele lugar… Garanto que ele fica louco com isso!

Também gosto de brincar de “não estou interessada no que você tem aí no meio das pernas.” He, he, he… Enquanto deixo claro o tesão que sinto, com a respiração contida, com suspiros, gemidinhos baixinhos, mordiscadelas ou beijos quentes… Passeando a mão pela nuca, pescoço, costas, peito… uuh, que tesão! Ou seja, fico provocando-o de todas as formas possíveis… Desde que não seja segurando no pau dele. Até esbarro suavemente, assim, sem querer… E, dependendo do caso, até peço desculpas, sussurrando (huahuahuahua! Que cara de PAU!).

Sim. Eu me castigo com isso, mas também o deixo louco com a provocação. Fico sem pegar no pau dele até ele me pedir, implorar para que eu o segure! Aaah, garanto que é delicioso ter esse poder!

A essa altura do campeonato, já está obvio o que eu quero. Então coloco a mão por dentro da calça… Mas não pego nele ainda! Oh, não, brinco primeiro com os pelos da região… Seguro na perna… Como se conferisse primeiro a força e virilidade do terreno aonde, literalmente, cresce o dito. E, então, finalmente, seguro no menino que, a esta altura já virou o vigor em pessoa!

Enquanto brinco com o menino com uma das mãos, coloco a outra por baixo da blusa/camisa que ele estiver usando (se é que ele ainda a está vestindo…) e faço carinho no peitoral do garoto… Suavemente, porque não dá para dividir muito a atenção nas duas coisas e, convenhamos, o brinquedo lá de baixo já está suficientemente interessante! Mas essa outra mão fica passeando no peitoral, barriguinha… Passo a ponta do dedo ao redor do umbigo… E vou descendo até a virilha. A idéia é, quando as duas mãos estiverem juntas, no mesmo lugar, a minha cabeça desça logo na seqüência! Como um movimento único, um ímã que me atrai, inexoravelmente, para o grande astro do momento que sempre foi o pau, só estava esperando o momento certo para ganhar 100% de minha atenção. O lance é que primeiro ele precisa ser atiçado, porque eu gosto mesmo é de chupar pau duro, portanto prefiro que ele já esteja no ponto quando o colocar na boca.

Ok, agora a chupada começou de fato. Então eu repito os movimentos que fiz nos dedos do menino. Ele vai se lembrar, obviamente e vai sorrir, porque era exatamente o que ele queria que acontecesse, rs. Lambo as laterais, giro a língua cheia ao redor do pau, lambo mais um pouco e, com a ponta da língua, finalmente toco a glande… Lambo ao redor dela e na junção das duas partes (o pau e a cabeça) porque isso dá o maior tesão nele. Nessa hora, torna-se necessário um pouco de lubrificação, então eu solto um pouco de saliva no pau e passo a mão para molhar bem o gostoso e vou enfiando na boca com calma, sempre tomando cuidado para que tudo fique bem molhado, inclusive minhas mãos que envolvem o pau. Quando tudo está bem molhado, começo a sugar gostoso, enfiando até onde minha garganta agüentar e tiro tudo, sempre mantendo os lábios em contato com o pinto. É muito importante manter o conjunto inteiro molhado, porque assim a mão acaba funcionando como uma extensão da boca. Ele fica com a sensação de que você está engolindo muito mais do que, anatomicamente, consegue de fato. Hahahaha! Inclusive, depois que molhei suficientemente tudo, nem enfio mais o pau até o fundo da garganta porque isso é um tanto incômodo. Molhar tudo com saliva é um bom truque! ;-)

Aí, minha filha, depende do que você quer. A esta altura, ele está totalmente à sua mercê. Se você quiser montar nele feito uma amazona, o garanhão já está mais do que afim de te comer. Se você prefere terminar o serviço lá mesmo, então trate de manter o ritmo um pouco. Mas eu prefiro parar um pouco, lamber carinhosamente… Dar uns beijinhos no comprimento e na cabeça do pau… Às vezes, até ficar admirando, porque acho lindo mesmo… E depois recomeço a chupada, sempre preocupada em manter tudo muito bem lubrificado, porque é mais gostoso para ele e evita machucá-lo também e, assim, ele agüenta mais e mais.

Agora, me dêem licença que vou lá praticar!

Shlept!

19 Comentários

  1. Nossa, q aula… Parabéns…
    Minha tática é mais ou menos essa, tmb começo devagar, provoco em outros pontos, faço ele pedir, nada melhor do q ouvir ele pedindo pra se chupado, isso é uma daquelas coisas de mastercard: “não tem preço…”.
    beijos

  2. Você é muito safada!
    “Mas o que eu mais gosto nessa hora em que ainda sequer senti o pinto duro sob a roupa, é lamber as mãos dele. Lamber os dedos… ” Eu adoro isto!

  3. Que maldade com a gente, mas depois desta infinita espera, o resultado mais que compensa. E se vocês gostam de chupar, eu adoro ser chupado.

    Beijos.

  4. Pimentinha-do-Reino, você é mesmo IMPERIAL. De ler o seu post eu já estava “escorregando na cadeira”, como diz a Chipotle. Sexo oral é a melhor prática e uma mulher que nega fazer esta gentileza não merece ser amada nunca! Blowjobs are like flowers for man, já dizia um cartãozinho que vi outro dia… e é isso mesmo!
    Confesso que fico até meio triste por não ter estreado o assunto aqui no Pimenteiro, porque de todas as práticas esta é a minha predileta! Mas ok, ainda dá pra desenvolver mais o assunto, né? É um campo vasto…
    Agora vamos combinar: dar a lambidinha dos dedos é FATAL! Gosto também de lamber o vão dos dedos, pros caras que gostam de receber as saudosas lambidas no saco, descendo mais para trás, é um prato cheio! E essa história de mexer em TUDO menos no “dito cujo” é tudo de bom… deixa qualquer um a mil por hora, e deixa o cara muito curioso sobre o “next step”.
    Outra coisa que também é muito legal de fazer é, pra lubrificar, com os dedos espalhar aquela “primeira baba” que o pau solta quando o cara ta muito excitado. Espalhar com o dedo, bem delicadamente, na cabeça e descendo pra base… ou então, com biquinho, dar aquela lambidinha inocente. Ah sim, e SEMPRE olhando pro cara, olho no olho! Acho que isso é o que arrasa mais! Quando o cara percebe que você tá chupando porque gosta e ainda por cima é boa nisso e gosta de exibir isso pra ele, xiii, a coisa vai longe!
    Opa, não podemos esquecer também a clássica “ajudinha”, quando o cara gentilmente pega a sua cabeça e empurra um pouco mais, não grosseiramente, mas naquelas de “você é boa nisso, bota mais um pouco que eu estou gostando muito!”. Desse jeito mal sobra tempo pra fazer o restante!!!

  5. Aaah, essa ajudinha carinhosa é tudo de bom! É um incentivo, uma forma dele dizer que está gostoso e que ele quer mais e mais e mais… ah! Como eu gosto disso!!!

  6. Gente, não tem como resumir uma boa chupada em palavras, isso é fato, o q tentamos fazer é “traduzir” o ato em algumas palavras, mas melhor mesmo q descrever é fazer… Ontem vcs me deram a idéia e hj ela vai entrar em prática…
    Ah, o namorado já leu o post dos gêmeos e já me prometeu muita coisa… veremos.
    beijos

  7. Se joga, Sentimental! Share the love!

  8. CARALHO COM ‘C’ MAIÚSCULO!!!
    Que relato, Pimenta do Reino!! To com água na boca!!
    Eu adoro chupar! Ouso dizer, e já ouvi muita merda sobre isso, que gosto mais de chupar que de ser chupada. Já gozei chupando um pau e olha que o cara de vez em quando só conseguia encontrar meus mamilos e dar uma brincada (pelo post dos Gêmeos vcs sabem que eu gosto que brinquem com meus ‘amiguinhos’…).

    Eu curto também chupar as bolas do ser. Colocar uma por vez na boca, lamber pra sentir elas se movendo dentro do saco, enquanto minhas mãos ficam bombeando com carinho o mastro do eleito.

    Outra: as mãos… ééé, as mãos são um caso à parte. Meus tesão por mãos ainda vai me botar em uma fria. É algo obsessivo!

  9. Como eu adoro chupar, gemendo, deixando o cara cada vez mais louco de tesão, chupando, lambendo, passando a mão em tudo, enfio o dedo até no cuzinho dele, se eu descobrir que ele gosta. Brinco com a língua, punheto junto, belisco o peito dele, faço ele chupar meus dedos, gemendo, gemendo, ouvindo ele gemer, e me deixando cada vez mais louca, mais molhada, louca por um pau!

  10. AAAAAAAAHHHH!!!!! que doidera!

  11. Isso aqui acabou virando uma enquete! Será que além de bunda, chupada de pau também é paixão nacional? Pelo menos entre as Pimentas parece ser unanimidade… que delícia!

  12. Não sei quanto às demais e aos visitantes, mas é uma das coisas que eu mais gosto… Hmmm possivelmente A que eu mais gosto de fazer, hauhuahuhaua! Não é a toa que fiz questão de postar! rs

  13. Caramba!!!
    Quase gozei só de ler esse post… Fala sério, hein?
    Beijos.

  14. bom texto, mas não demore tanto a pegar no pau do cara não, coitado… ;-)

    (uma vez a menina demorou tanto, mas tanto a pegar no meu pau q quando desceu com a boca eu gozei em 2.2 segundos!! isso nós estavamos no cinema…)

    hehehehehe

  15. Que texto mais gostoso…

  16. Nossa q delícia adoro enfiar um pau inteiro na boca… Amo, sinto o maior t em mexer nas partes do meu homem… Uiiiiiii

  17. adoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo 69….so durmo com ela feito chupeta .

  18. mmmmmmmmmmmmmmmmeuuuu deus que isso gente!!!!
    muito boa ,,pimenta do reino.dorei e ele tbm

  19. nao gosto de ser chupada,mas adoro dar uma chupada nossa dar uma chupada em um carinha e tudo!!!!!!!!!!!!!e a cara dele como q quizesse dizer vc ta louca vai ficar a marca mas no outro dia ele le olha com um olhar como se falasse adorei a chupada q vc me deu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.